Brasil reconhece pessoas apátridas pela primeira vez

Já pensou como seria sua vida se você não tivesse uma certidão de nascimento, uma carteira de identidade, e não pudesse tirar o título de eleitor, a carteira de motorista ou o passaporte? Documentos que permitem que você vote, possa abrir uma conta num banco, financiar uma casa, viajar de férias, enfim, ser cidadão e ter dignidade. Pois é, esta é a realidade dos chamados apátridos, pessoas que por problemas políticos e religiosos, não têm uma nacionalidade. De acordo com a Agência da Organização das Nações Unidas para Refugiados, cerca de 10 milhões de pessoas em todo o mundo são apátridas. E uma mudança recente feita pelo governo facilitou o reconhecimento dessas pessoas aqui no Brasil.

audio/mpeg 27-06-18 - PAULO LA SALVIA - APATRIDAS.mp3 — 4315 KB