Ministro defende recursos adicionais ao orçamento da Embrapa

No encerramento da reunião de gestores da Embrapa, na quinta-feira (29), o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi defendeu a construção de uma cidade tecnológica em São Paulo, onde está instalada a Ceagesp, atualmente. O ministro disse já ter conversado sobre isso com a futura ministra Tereza Cristina, que concordou com a ideia. Segundo Maggi, a venda do terreno deverá ser fonte de recursos para o orçamento da Embrapa. A Ceagesp situada no Bairro Jaguaré, Zona Oeste da capital, deverá ser transferida pelo governo do estado. Em seu discurso, o ministro lembrou o reconhecimento internacional da Embrapa, defendeu que haja cobrança para a transferência de tecnologia a outros países que têm interesse em fazer acordos com a empresa. E acrescentou que a agropecuária do país não seria a mesma, não fosse a contribuição da pesquisa e das tecnologias desenvolvidas pelos cientistas do quadro da Embrapa. Ele falou também sobre o futuro e a rapidez com que há transformação no setor, nos dias de hoje. O período de dois anos e sete meses à frente do ministério, de acordo com Maggi, foi nos últimos anos um dos mais longos. Isso é importante, afirmou, para levar adiante propósitos de governo, como o que lhe permitiu retomar a decisão sobre o destino dos recursos do Plano Agrícola e Pecuário (PAP). O ministro recebeu uma comenda da Embrapa em reconhecimento ao trabalho realizado durante sua gestão no Ministério da Agricultura.

audio/mpeg 03-12-2018 MOMENTO AGRO - FINALIZADO 03M31s.mp3 — 3291 KB

Duração: 03'31"