Ministra defende aumento de exportações do agro para os EUA

Em discurso na Conferência de Cidades da América Latina 2019: Brasília, nesta quinta-feira (5), a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Tereza Cristina, afirmou que a intenção do governo é fortalecer o comércio com os Estados Unidos, principalmente na pauta agrícola. Para uma plateia de investidores, Tereza Cristina lembrou que os EUA são o segundo principal destino das exportações brasileiras e também a segunda origem das importações. De acordo com a ministra, o comércio bilateral somou quase US$ 58 bilhões em 2018, mas os produtos agrícolas representaram apenas US$ 5 bilhões. Na avaliação da ministra, há oportunidades para as duas nações atuarem juntas na defesa de interesses comuns, além do aprofundamento comercial bilateral. Segundo ela, os dois países são grandes parceiros na área agrícola e têm agriculturas semelhantes, de larga escala, orientadas pelo mercado e baseadas na ciência, mas precisam superar juntos os entraves tarifários. Defendeu a ministra, destacando a criação do AG5, que reúne os ministros da Agricultura do Brasil, dos Estados Unidos, da Argentina, do Canadá e do México. Tereza Cristina também comentou sobre o trabalho realizado pelo governo federal para garantir a sustentabilidade na Amazônia. Nesta semana, ela esteve na região e comprovou a efetividade da Operação Verde Brasil, plano de ação de combate às queimadas. Um dos mecanismos citados pela ministra para demonstrar a preocupação do Brasil com o meio ambiente foi o Código Florestal brasileiro, que exige a preservação de no mínimo 20% da área das propriedades rurais, chegando a 80% de restrição de uso de solo na Amazônia Legal.

audio/mpeg 05-09-2019 MOMENTO AGRO Ministra em encontro com investidores FINALIZADO 03M22s.mp3 — 3162 KB

Duração: 03'22"