Brasil busca cooperação com China e Japão para desenvolver tecnologia no campo

Durante reunião da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concentração e Cooperação (Cosban) ficou acordado que o Brasil formará um grupo de trabalho com a China para tratar de assuntos relacionados à ciência, tecnologia e inovação no campo. O grupo terá como objetivo criar convênios com universidades e centros de pesquisas entre os dois países. O Secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Fernando Camargo, representou o Brasil na subcomissão setorial sobre agricultura durante a Cosban e falou que o Brasil e a China têm características complementares, e têm muito a cooperar. Outro tema tratado no encontro foi a possibilidade de aumentar as exportações do açúcar brasileiro para a China. Camargo explicou aos chineses durante a reunião as diferenças do ingrediente. No Japão, o secretário se reuniu com diretores da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) e ressaltou a importância da tecnologia no campo para o agricultor. Em maio, a ministra Tereza Cristina esteve reunida com o vice-presidente da Jica, quando apresentou dados da produção agrícola e áreas com potencial de investimento externo.

audio/mpeg 06-06-2019 MOMENTO AGRO Cosban FINALIZADO 02M40s FINALIZADO.mp3 — 2500 KB

Duração: 02'40"