Amapá fecha um ciclo fundamental no Plano de Erradicação da Aftosa

Em Macapá, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, e o governador do Amapá, Waldez Góes, assinaram na terça-feira (5), a instrução normativa de reconhecimento do Amapá como zona livre de febre aftosa com vacinação. A região Amazônica está atualmente classificada pelo Ministério da Agricultura como área de risco médio para febre aftosa. O último registro da doença ocorreu em 2004 no município de Careiro da Várzea (AM). O novo status sanitário dos estados do Amazonas e Pará e Amapá representa a consolidação do Plano Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA). O ministro Blairo Maggi comemorou o reconhecimento do estado e explicou a retirada da vacinação na região Norte. Maggi esclareceu que oportunamente os produtores dos Estados da Região Norte estarão aptos a exportar carne bovina e suína para o mercado mundial sem nenhuma restrição. A ideia segundo o ministro é ampliar as vendas para os mais de 150 países que compram carne hoje do Brasil.

audio/mpeg 07-12-17 - MOMENTO AGRO - AMAPÁ ZONA LIVRE DE AFTOSA - 2M15S.mp3 — 2113 KB

Duração: 2min15seg