Com La Niña mais fraca, há previsão de chuvas contínuas no Sudeste e Centro-Oeste

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), divulgou na última terça-feira (19) o Prognóstico Trimestral de Verão 2018. O Inmet prevê que neste verão, por causa da fraca intensidade do fenômeno La Niña, poderá haver chuvas mais contínuas nas Regiões Centro-Oeste e Sudeste, índices de chuva acima do normal nas Regiões Norte e Nordeste, e irregularidade na distribuição das chuvas na Região Sul. A temperatura poderá ficar acima do normal na Região Sul, de normal a abaixo do normal nas Regiões Sudeste e Centro-Oeste, e dentro do normal nas Regiões Nordeste e Norte do país. Nos últimos meses, a temperatura das águas do Oceano Pacífico Equatorial, mantiveram-se abaixo da média. Esse resfriamento vem sendo observado desde agosto pelos principais centros de Meteorologia e mostram que as temperaturas da superfície do mar devem continuar abaixo da média até o mês de março de 2018 o que indica uma tendência de continuidade do La Nina de fraca intensidade. O trimestre será marcado na Região Sudeste por chuvas intensas, acompanhadas de rajadas de ventos e, por vezes, com queda de granizo. Normalmente essas chuvas são moduladas com a passagem de frentes frias, que ainda influenciam o clima, principalmente na faixa leste da região. Para este verão, o Inmet prevê chuvas irregulares e mal distribuídas, como já vem sendo observado nos últimos meses, em toda a região Sul. Com isto, podem ocorrer precipitações de forte intensidade em períodos curtos de tempo intercalados com períodos de vários dias sem precipitação.

audio/mpeg 22-12-17 - MOMENTO AGRO - 2M27S - FINALIZADO Inmet.mp3 — 1724 KB

Duração: 2'27"