Ministério firma convênio com Banco do Nordeste para financiar projetos de inovação

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) firmou convênio com o Banco do Nordeste (BNB) nesta sexta-feira (23) para subsidiar políticas públicas e privadas de inovação voltadas para o desenvolvimento sustentável da agropecuária no bioma da Caatinga. A parceria permitirá a estruturação do Sistema de Inteligência, Gestão e Monitoramento Territorial Estratégico (SITE), que reunirá dados científicos da região. Uma das principais políticas que serão beneficiadas pelo sistema é o Plano de Ação para o Nordeste (AgroNordeste), que será lançado em breve pelo governo federal. O plano tem como objetivo apoiar a organização das cadeias agropecuárias, ampliar e diversificar os canais de comercialização, além de aumentar a eficiência produtiva e o benefício social na região. A ministra Tereza Cristina destacou a importância do programa e ressaltou que a iniciativa reforça a missão do Mapa de atender a todos os tipos de agricultura e reduzir a distância entre pequenos e grandes produtores. Uma plataforma digital será desenvolvida pela Embrapa Territorial para organizar dados sobre as características agrícola, agrário, de infraestrutura e socioeconômico, identificadas por meio de métodos de inteligência territorial. O Bando do Nordeste aplicará R$ 1,5 milhão para financiamento dos estudos por meio do Fundo de Desenvolvimento Econômico, Científico, Tecnológico e de Inovação (Fundeci). O Convênio também foi assinado pelo presidente do BNB, Romildo Rolim, o presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Celso Moretti, e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento (FAPED).

audio/mpeg 26-08-2019 MOMENTO AGRO Convênio BNB 02M35s FINALIZADO.mp3 — 2425 KB

Duração: 02'35"