Brasileiro, servidor do Mapa foi eleito presidente do Codex Alimentarius

Em julho de 2017, o brasileiro Guilherme Antônio da Costa Júnior foi eleito presidente do Codex Alimentarius, entidade vinculada à Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). O Codex trata dos padrões, diretrizes e recomendações para segurança, qualidade e comércio leal de alimentos entre os 188 países membros. Por mais de um ano, em missões internacionais, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi e o secretário-executivo Eumar Novacki, defenderam a candidatura de Guilherme Costa, que também contou com apoio de embaixadores brasileiros na Organização das Nações Unidas e na Organização Mundial do Comércio. Costa atribui sua eleição como reconhecimento ao trabalho do Brasil no Codex nos últimos anos. Ele afirmou ainda que o Codex continuará ajudando todos os seus membros a implementar regras para garantir a segurança alimentar nos mercados interno e externo. Entre os objetivos destacados na gestão do novo presidente a prioridade será a aproximação da entidade com o público em geral (produtores rurais, industrias e população). Servidor de carreira do Ministério da Agricultura, ex-adido agrícola do Brasil junto à OMC, o novo presidente do Codex participou desde 2005 das delegações brasileiras nas reuniões do Comitê sobre Medidas Sanitárias e Fitossanitárias (Comitê SPS) e atuou junto ao Codex Alimentarius do Brasil (CCAB) no período de 1992 a 2010. Esta é a primeira vez que o Codex tem um presidente da América do Sul. Retrospectiva CODEX

audio/mpeg 27-12-17 - MOMENTO AGRO - 2M53S - FINALIZADO - Retro Codex.mp3 — 2037 KB

Duração: 2'53"