Cebola, cenoura, mamão e maçã não apresentaram alta em dezembro

De acordo com o 1º Boletim Hortigranjeiro, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o preço das hortaliças e as frutas sentiram o efeito das festas de fim de ano, com variações de preços tanto de alta como de baixa nos principais mercados atacadistas pesquisados, em dezembro. O estudo analisa também o movimento dos preços das hortaliças durante todo o ano de 2017, concluindo que os preços estiveram mais baixos no geral, com poucos episódios de elevação de preços. Entre as hortaliças, destaque para cebola e cenoura que não apresentaram alta para o consumidor. O gerente de Modernização do Mercado Hortigranjeiro, Eric Farias, explicou que fatores como a troca de safra da cebola no Sul e a nova safra da cenoura na região de Minas Gerais contribuíram para baixa nos preços e a previsão é que se mantenham no primeiro trimestre. Entre as frutas, o mamão foi único que teve redução média de preços na maioria dos mercados, principalmente da variante papaya. A maçã que teve consolidadas pequenas altas de preços, apresentou maior estabilidade em grande parte dos mercados tanto para venda no atacado quanto no varejo. Uma novidade anunciada pela superintendente substituta de Abastecimento Social, Ana Rita Costa, foi a criação de um aplicativo para acompanhamento diário de preços. Segundo ela, a ferramenta irá facilitar a vida da dona de casa. Para mais informações sobre o Boletim Hortigranjeiro acesse o site da Conab www.conab.gov.br

audio/mpeg Boletim.mp3 — 2388 KB