Mapa fecha acordos com vários países para exportação de material genético e bovinos

O Departamento de Saúde Animal (DSA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Coordenação de Trânsito e Quarentena Animal Internacional (CTQA), obteve avanços importantes para exportação de material genético brasileiro. Rodadas de negociação foram feitas durante a 85ª Expozebu, em Uberaba (MG). Segundo a coordenadora Judi Nóbrega, “foram fechados acordos com o Quênia, Equador, Colômbia e Guatemala para venda de embriões in vitro e in vivo, bovinos vivos e sêmen. Judi Nóbrega destacou que foram importantes os avanços nas discussões para elaboração dos protocolos para embrião vivo com a Índia que se comprometeram a apresentar o resultado das discussões em assembleia do seu serviço sanitário, no dia 17. Além desses acordos, avançaram muito as conversações com os representantes da Colômbia, Equador, Tailândia, Malásia, Índia, Nicarágua, Quênia e Guatemala, interessados no material genético e nos bovinos de elite do Brasil.

audio/mpeg Matérial genético.mp3 — 1997 KB