Mapa debate com empresas a retomada da exportação de pescados para UE

Em reunião com empresários do setor de pesca, na quinta-feira (18), na sede do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o ministro interino Eumar Novacki lamentou a suspenção da exportação de pescado brasileiro a União Europeia. Segundo ele, foi uma decisão dura e ainda não bem compreendida. Depois da missão de auditoria da União Europeia, realizada em setembro, foi reportada a existência de não conformidade das condições sanitárias de embarcações e atracadouros. O Mapa anunciou a suspensão temporária no dia 26 de dezembro de 2017. A medida entrou em vigor no dia 3 de janeiro. Eumar Novacki explicou que todos os aspectos e consequências foram exaustivamente estudados para evitar a decisão unilateral da União Europeia, o que retardaria ainda mais o retorno do setor de pesca brasileiro ao mercado líder do comércio mundial. Na opinião dos empresários, a estratégia de suspender a exportação foi correta. Representantes de 14 entidades e de quatro empresas pesqueiras debateram por mais de quatro horas com técnicos do Mapa, liderados pelo secretário substituto da Secretaria de Defesa Agropecuária, Jorge Caetano, o que poderia ser feito para responder aos questionamentos da União Europeia sobre certificação técnica de embarcações e atracadouros. Ao final dos debates, ficou decidido que um Grupo de Trabalho integrado por técnicos do Mapa, Inmetro, Secretaria de Pesca e Aquicultura, e representantes das empresas e entidades prestarão assessoria técnica ao Inmetro na formulação de requisitos para a certificação. A portaria de criação do GT será editada nos próximos dias, logo após a indicação dos nomes dos representantes das empresas e entidades do setor de pesca.

audio/mpeg Pesca.mp3 — 2556 KB