Criança Feliz incentiva o desenvolvimento de crianças com deficiência

audio/mpeg 27-02-2019 - RELEASE - criança freli FINALIZADO 2M41S.mp3 — 2529 KB

Duração: 02'41"




Transcrição

LOC: Mais de seis mil crianças com deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada, o BPC, são atendidas semanalmente pelo Criança Feliz, iniciativa do Ministério da Cidadania. O programa demonstra que o acompanhamento, as orientações e os estímulos oferecidos impactam no desenvolvimento da inteligência de meninos e meninas, possibilitando que tenham um futuro melhor. É o caso do pequeno Bernard, de 4 anos, que tem dificuldades de coordenação motora e mora com a família na periferia do município de Muaná, no Pará. Há mais de um ano, ele recebe as visitas do programa e, de acordo a mãe, Roselene Silva, os avanços são visíveis.

SONORA: ROSELENE SILVA - MÃE DO BERNARD 

LOC: A evolução de Bernard a cada semana também chama a atenção da visitadora Paula Guimarães./

SONORA: PAULA GUIMARÃES - VISITADORA DO CRIANÇA FELIZ

LOC: A visitadora explica que foi por meio do programa que Roselene passou a perceber a importância de brincar, ler e dar mais atenção ao menino.

SONORA: PAULA GUIMARÃES - VISITADORA DO CRIANÇA FELIZ

LOC: O Criança Feliz foi criado com base em técnicas internacionais de cuidados defendidas pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância, o Unicef, e pela Organização Mundial da Saúde. O que, de acordo com a secretária de Promoção do Desenvolvimento Humano, Ely Harasawa, pode significar um futuro com mais qualidade de vida e autonomia para essas crianças.

SONORA: ELY HARASAWA – SECRETÁRIA DE PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO HUMANO 

LOC: O programa do governo federal foi pensado  de forma que repercuta no futuro do país e promete ser um marco na luta contra a desigualdade social no Brasil. Médico com mestrado em Neurociência, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, ressalta a importância desse incentivo nos primeiros anos de vida - especialmente para quem recebe o BPC.

SONORA: OSMAR TERRA - MINISTRO DA CIDADANIA

LOC: Para saber mais sobre o Criança Feliz e outras ações do Ministério da Cidadania, acesse cidadania.gov.br./

Reportagem, Diego Queijo