05/10/2010 - A Voz do Brasil

O Ministério da Saúde e o Banco Mundial assinaram hoje um acordo para apoiar ações do governo brasileiro no combate à aids e a outras doenças sexualmente transmissíveis. O convênio prevê investimentos de US$ 200 milhões. O governo brasileiro entra com US$ 133 milhões e, o restante, será emprestado pelo Banco Mundial. Por esse acordo, o repasse de recursos aos estados e municípios para programas de combate a doenças sexualmente transmissíveis vai ser condicionado ao cumprimento de metas até 2014. Com o lançamento nesta terça-feira do registro eletrônico de medicamentos, a Anvisa quer que as pesquisas, laudos de laboratórios e outros documentos exigidos pela agência para a aprovação dos medicamentos sejam enviados pelas empresas de forma eletrônica, por meio de um sistema informatizado. Processo que vai acelerar também o recolhimento nas farmácias e laboratórios dos remédios que a Anvisa proibir. O governo vai publicar amanhã no Diário Oficial da União uma Medida Provisória que prevê a demissão por justa causa de servidores públicos que acessarem sem autorização da Receita Federal dados fiscais de contribuintes. Pelo texto da MP, também vai ser punido o funcionário que emprestar senhas de acesso ao sistema fiscal para outras pessoas. Tudo isso você ouviu hoje na Voz do Brasil.

audio/mpeg 05-10-10-voz-do-brasil.mp3 — 11930 KB