11/03/2010 - A Voz do Brasil

Oito mil contribuintes que ganham muito bem estão na mira da Receita Federal. Eles vão ser fiscalizados por irregularidades nas declarações de imposto de renda e quem não conseguir provar que não cometeu fraude vai pagar o que deve com juros e multa, que pode chegar a 150%. A fábrica de alimentos Ledal, em Goiânia foi interditada pela Anvisa e pela Polícia Federal por utilizar em seus produtos a sibutramina, um medicamento controlado para o tratamento da obesidade. Começou em Brasília, a Segunda Conferência Nacional de Cultura que tem a meta de definir um marco regulatório para o setor, assim como já existe para a educação e a saúde, por exemplo. Tudo isso você ouviu hoje na Voz do Brasil.

audio/mpeg 11-03-10-voz-do-barsil.mp3 — 11910 KB