Tratamento com canabinoides melhora qualidade de vida de crianças com espectro autista (TEA)

Estudo realizado em Israel aponta que 83% dos pacientes relataram avanços significados em aspectos comportamentais, após o uso da Cannabis Medicina. Ouça esta entrevista do médico Wellington Briques, presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Farmacêutica, a jornalista Deográcia Pinto.

audio/mpeg 02-07-19 - CONVERSA SÉRIA - WELLINGTON BRIQUES - AUTISMO CANABDIOL - EDITADA - 4m48s.mp3 — 4774 KB

Duração: 4m48s