Durante as férias de final de ano, os estoques de sangue dos hemocentros ficam críticos porque os doadores viajam neste período

Para falar sobre o assunto, a jornalista Nathália Koslyk conversou com o coordenador-geral de Sangue e Hemoderivados do Ministério da Saúde, Rodolfo Duarte Firmino.

audio/mpeg 03-01-20 - CONVERSA SERIA - DOAÇAO DE SANGUE.mp3 — 12243 KB

Duração: 5m13s




Transcrição

Neste período de férias, muita gente viaja e acaba esquecendo de um ato voluntário que salva vidas… a doação de sangue. Com isso, os hemocentros ficam com estoque de sangue crítico.

 

 

Para falar sobre o assunto, a jornalista Nathália Koslyk conversou com o coordenador-geral de Sangue e Hemoderivados do Ministério da Saúde, Rodolfo Duarte Firmino.