Período de chuva deixa população alerta para combater proliferação do mosquito aedes aegypti

Os recipientes em casa podem acumular água, ativar os ovos e proporcionar o desenvolvimento das larvas do mosquito.

audio/mpeg 29-10-18 - CONVERSA SÉRIA - COMBATE ZIKA DENGUE CHIKUNGUNYA.mp3 — 5873 KB

Duração: 5m38s




Transcrição

Com a chegada do período de chuva, a população brasileira deve dar atenção redobrada para o combate ao mosquito aedes aegypti, transmissor da zica, dengue e chikungunya, além de febre amarela.

 

Os recipientes em casa podem acumular água, ativar os ovos e proporcionar o desenvolvimento das larvas do mosquito.

Por isso, para acabar de vez os possíveis criadouros do mosquito é preciso adotar várias ações.

 

 

Confira alguns cuidados básicos, recomendados pelo Ministério da Saúde como eliminar a água parada e lavar os recipientes com água e sabão, limpar as calhas, colocar areia nos pratinhos dos vasos de plantas e guardar baldes e garrafas vazias de cabeça para baixo, entre outras medidas.



A Jornalista Cleide Lopes, entrevistou o coordenador do programa de controle da zica, dengue e chikungunya, Divino Valero Martins, sobre o assunto.