Ministério da Saúde alerta a população das regiões Sul e Sudeste para tomar a vacina contra a Febre Amarela

Para orientar a população de como evitar a doença, o jornalista Leandro Alarcon entrevistou o coordenador de Vigilância em Arbovirose, Rodrigo Said

audio/mpeg 16-01-20 - CONVERSA SERIA - FEBRE AMARELA.mp3 — 5496 KB

Duração: 4m59s




Transcrição

Com a chegada do verão, período de maior ocorrência de doenças transmitidas por mosquitos, como a febre amarela, o Ministério da Saúde alerta a população para tomar a vacina contra a doença.

 

O recado é focado principalmente para a população que mora nas regiões Sul e Sudeste do país devido à confirmação de 38 mortes de macacos nos estados do Paraná, São Paulo e Santa Catarina.

 

No total, 1.087 notificações de mortes suspeitas de macacos foram registradas no país.

 

Os dados são do último boletim epidemiológico publicado nesta quarta-feira (15) pelo Ministério da Saúde, que apresenta o monitoramento da doença de julho de 2019 a 8 de janeiro deste ano.

 

O alerta se dá porque as regiões possuem grande contingente populacional e baixo número de pessoas vacinadas, o que contribui diretamente para os casos da doença.

 

Para orientar a população de como evitar a doença, o jornalista Leandro Alarcon entrevistou o coordenador de Vigilância em Arbovirose, Rodrigo Said