Governo edita MP para isenção do pagamento de energia elétrica para consumidores de baixa renda

A medida, uma ação adotada pelo Governo Federal no enfrentamento à Covid-19, beneficiou mais de 10 milhões de famílias no País; Campanha de prevenção e combate à violência financeira e patrimonial contra a pessoa idosa foi lançada nessa quarta-feira, 2, pelo Governo Federal; MDR disponibiliza R$8 milhões para atender municípios que foram atingidos por desastres naturais em Minas Gerais, Rio Grande do Sul e no Piauí.

audio/mpeg 03-09-20 - É NOTÍCIA 2 MINUTOS - MANHA - 2m09s - ADALTO - FINALIZADO.mp3 — 1587 KB

Duração: 2:09s




Transcrição

 

Medida provisória que garante a isenção do pagamento das faturas de energia para os consumidores de baixa renda e beneficiários da tarifa social, por três meses, foi editada nessa quarta-feira, 2, pelo presidente Jair Bolsonaro.

 

A medida, uma ação adotada pelo Governo Federal no enfrentamento à Covid-19, beneficiou mais de 10 milhões de famílias no País.

 

A MP também viabilizou a Conta Covid, primeira operação de mercado estruturada para preservar a sustentabilidade de um setor de infraestrutura, com aporte de mais de 15 bilhões de reais no setor elétrico, atendendo às necessidades de curto prazo causadas pelo coronavírus.

 

Esta nova Medida Provisória tem como foco amenizar impactos na conta de luz dos consumidores, também no médio e longo prazos.

Xxxxxxxxxxxxxx

 

Campanha de prevenção e combate à violência financeira e patrimonial contra a pessoa idosa foi lançada nessa quarta-feira, 2, pelo Governo Federal.

 

A iniciativa vai informar e conscientizar essa parcela da população sobre as tentativas de golpes financeiros.

 

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), houve um aumento em torno de 60% e 70% de golpes financeiros contra pessoas idosas durante o período de crise do novo coronavírus.

 

A campanha é uma parceria entre o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o Banco Central, e a Febraban.

Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Para atender municípios que foram atingidos por desastres naturais em Minas Gerais, Rio Grande do Sul e no Piauí, mais de 8 milhões de reais foi disponibilizado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil. As autorizações de repasse foram publicadas no Diário Oficial da União desta quarta-feira (2).

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Adalto Gouveia