Caixa paga auxílio emergencial para 3 milhões e 200 mil brasileiros nascidos em fevereiro

Desse total, 600 mil receberão 392 milhões de reais referentes às parcelas do auxílio emergencial; Os beneficiários que receberam as cinco parcelas do Auxílio Emergencial e ficaram inelegíveis para o recebimento da extensão do benefício, por não atenderem aos critérios determinados em lei, têm até o dia 9 de novembro para contestar a decisão; O programa habitacional do Governo Federal Casa Verde e Amarela, contará com mais recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) até o final deste ano.

audio/mpeg 04-11-20 - É NOTÍCIA EM 2 MINUTOS - 2m06s - DILSON SANTA FE - FINALIZADO .mp3 — 2948 KB

Duração: 2:05s




Transcrição

Cerca de 3 milhões e 200 mil brasileiros nascidos em fevereiro do Ciclo 4, vão receber nesta quarta-feira, 4, mais de 1 bilhão de reais de auxílio emergencial pagos pela Caixa Econômica Federal.


Desse total, 600 mil receberão 392 milhões de reais referentes às parcelas do auxílio emergencial.


Os demais, que são acima de 2 milhões, serão contemplados com a segunda parcela do auxílio emergencial residual, em um montante de cerca de 865 milhões de reais.


xxxxxxxxxxxxxxxx

 

Os beneficiários que receberam as cinco parcelas do Auxílio Emergencial e ficaram inelegíveis para o recebimento da extensão do benefício, por não atenderem aos critérios determinados em lei, têm até o dia 9 de novembro para contestar a decisão.

 

Não é necessário ir a nenhuma agência da Caixa, lotérica ou posto de atendimento do Cadastro Único. A solicitação deve ser feita exclusivamente por meio do site da Dataprev,

 

Já para todos os beneficiários do programa Bolsa Família que receberam o Auxílio Emergencial e a extensão do Auxílio Emergencial, mas tiveram o pagamento deste último cancelado, podem contestar da decisão de 22 de novembro a 2 de dezembro, também por meio do site: consultaauxílio.dataprev.gov,br .


Xxxxxxxxxxxxxxxx

O programa habitacional do Governo Federal Casa Verde e Amarela, contará com mais recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) até o final deste ano.


O Conselho Curador do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, FGTS, aprovou nessa terça-feira, 3, um aporte de mais de 5 bilhões de reais para ações no setor desempenhadas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).


Ao todo, o montante disponibilizado do FGTS para as políticas públicas de habitação chegará a 62 bilhões de reais em 2020, de um total de quase 70 bilhões de reais.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé