Ministério da Economia aprova projeto do Mapa para financiar ações do AgroNordeste

O valor do projeto é de US$230 milhões que virão do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), sendo que US$40 milhões serão em contrapartidas da União; Mais de 12 mil kits de alimentos foram recebidos por estudantes da rede municipal de quatro cidades do Piauí; Índices de aleitamento materno estão aumentando no Brasil, de acordo com resultados preliminares do Estudo Nacional de Alimentação e Nutrição Infantil (Enani) do Ministério da Saúde.

audio/mpeg 05-08-2020_É NOTÍCIA EM 2 MINUTOS.mp3 — 2273 KB

Duração: 2:25s




Transcrição

Projeto do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no valor de 230 milhões de dólares para financiar ações do AgroNordeste foi aprovado pela Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), do Ministério da Economia.

 

Os recursos virão do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), sendo que 40 milhões de dólares serão em contrapartidas da União, por um período de seis anos.

 

O plano prevê aplicação dos recursos em ações de médio prazo para aumentar a competitividade das cadeiras produtivas, inserção de assentados da reforma agrária na produção agrícola familiar e nos mercados de venda, regularização fundiária e ambiental, melhoria das condições sanitárias das atividades agropecuárias e realização de estudos em busca de inovações para os produtores rurais .
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


Mais de 12 mil kits de alimentos foram recebidos por estudantes da rede municipal de quatro cidades do Piauí. Os alimentos foram adquiridos através de recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).


A medida é uma das ações de parceria entre o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), responsável pelo repasse dos recursos e pelas normatizações do programa, e as secretarias de educação, que organizam e distribuem os alimentos.


De acordo com o presidente do FNDE, Marcelo Ponte, nesse período de pandemia, o programa está sendo operacionalizado de maneira diferente e, por isso, é muito importante haver constante diálogo entre o FNDE e as gestões locais, para que o estudante continue tendo acesso ao que lhe é de direito, ressaltou.
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


Os índices de aleitamento materno estão aumentando no Brasil, de acordo com resultados preliminares do Estudo Nacional de Alimentação e Nutrição Infantil (Enani) do Ministério da Saúde.
Foram avaliadas 14.505 crianças menores de cinco anos entre fevereiro de 2019 e março de 2020.

 

Mais da metade (53%) das crianças brasileiras continua sendo amamentada no primeiro ano de vida.

 


Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília,Dilson Santa Fé