Caixa paga auxílio emergencial para 3,4 milhões de beneficiários nascidos em abril

Cerca de 3 milhões e 400 mil beneficiários dos Ciclos 5 e 6, nascidos em abril, poderão sacar ou transferir o saldo da Poupança Social Digital. Os recursos creditados são da ordem de mais de 2 bilhões de reais; O Governo brasileiro, por meio dos Ministérios da Saúde e das Relações Exteriores, divulgou nota em que esclarece que não há qualquer tipo de proibição oficial do Governo da Índia para exportação de doses de vacina contra o novo coronavírus produzidas por farmacêuticas indianas; A Secretaria Especial da Saúde Indígena do Ministério da Saúde editou portaria para monitorar os impactos da covid-19 na população indígena do município de Manaus.

audio/mpeg 06-01-21 - É NOTÍCIA EM DOIS MINUTOS - 2m04s - DILSON SANTA FE - FINALIZADO.mp3 — 2917 KB

Duração: 2:04s




Transcrição

A Caixa realiza, nesta quarta-feira 6, mais uma etapa de saque em dinheiro do Auxílio Emergencial e do Auxílio Emergencial Extensão.

 

Cerca de 3 milhões e 400 mil beneficiários dos Ciclos 5 e 6, nascidos em abril, poderão sacar ou transferir o saldo da Poupança Social Digital. Os recursos creditados são da ordem de mais de 2 bilhões de reais.

 

Desse total, acima de 2 bilhões de reais são referentes às parcelas do Auxílio Emergencial Extensão e o restante, 200 milhões de reais, às parcelas do Auxílio Emergencial.

 

xxxxxxxxxxxxxx

 

O Governo brasileiro, por meio dos Ministérios da Saúde e das Relações Exteriores, divulgou nota em que esclarece que não há qualquer tipo de proibição oficial do Governo da Índia para exportação de doses de vacina contra o novo coronavírus produzidas por farmacêuticas indianas.

 

As negociações entre a Fiocruz , Fundação Oswaldo Cruz e o Instituto Serum da Índia para a importação pelo Brasil de quantitativo inicial de doses de imunizantes contra a Covid-19 encontram-se em estágio avançado, com provável data de entrega em meados de janeiro.

 

xxxxxxxxxxxx

A Secretaria Especial da Saúde Indígena do Ministério da Saúde editou portaria para monitorar os impactos da covid-19 na população indígena do município de Manaus.

 

O comitê tem por objetivo o planejamento, a coordenação, execução, supervisão e o monitoramento dos impactos da doença na saúde da população indígena da região.

 

De acordo com os dados mais atualizados divulgados pelo Ministério da Saúde, o estado do Amazonas registra 204 mil 900 casos de covid-19, com 5 mil 414 mortes. Já o município de Manaus apresenta um quadro de 84 mil 310 casos acumulados da doença, com 3 mil 478 óbitos.

 

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé