Presidente Bolsonaro assina MP abrindo crédito extraordinário para aquisição e produção da vacina contra Covid-19

Em todo o mundo, esta é uma das vacinas que estão em estágio mais avançado, já em testes clínicos com seres humanos; O Sistema de Mapeamento em Educação na Saúde (SIMAPES) foi lançado nessa quinta-feira, 06, pelo Ministério da Saúde; A partir deste sábado, 3 milhões e 800 mil beneficiários nascidos em abril e mais de 300 mil nascidos de janeiro a abril, podem sacar o Auxílio Emergencial.

audio/mpeg 07-08-2020_É NOTÍCIA EM 2 MINUTOS.mp3 — 2381 KB

Duração: 2:32s




Transcrição


O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quinta-feira, dia 6, a medida provisória que abre crédito extraordinário de 1 bilhão e 900 mil reais para viabilizar a produção e aquisição da vacina contra a covid-19, que está sendo desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford.

A transferência de tecnologia na formulação, envase e controle de qualidade da vacina será realizada por meio de um acordo da empresa britânica com a Fiocruz, Fundação Oswaldo Cruz, vinculada ao Ministério da Saúde.

Com isso, caso a eficácia da vacina seja comprovada, o Brasil deverá produzir 100 milhões de doses.

Em todo o mundo, esta é uma das vacinas que estão em estágio mais avançado, já em testes clínicos com seres humanos.
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

O Sistema de Mapeamento em Educação na Saúde (SIMAPES) foi lançado nessa quinta-feira, 06, pelo Ministério da Saúde. O instrumento é inédito e vai permitir a coleta, análise e disponibilização de informações sobre educação em saúde no Brasil.

A partir de cinco bancos de dados será possível adotar melhores práticas educacionais, atingindo parâmetros internacionais de qualidade.

De acordo com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, o Brasil começa a dar novos passos na reorganização da formação em Saúde no país e todo mundo sai ganhando: a população, que terá assegurado pelo Governo Federal, mais qualidade da saúde; os profissionais, que poderão obter a garantia de uma formação mais adequada; e o Governo Federal, que terá mais uma ferramenta para estabelecer políticas públicas de educação em saúde.


xxxxxxxxxxxxxxx

A partir deste sábado, 3 milhões e 800 mil beneficiários nascidos em abril e mais de 300 mil nascidos de janeiro a abril da nova leva de elegíveis, que tiveram o pedido liberado do Auxílio Emergencial no dia 3 de agosto poderão sacar o benefício nos caixas eletrônicos, lotéricas e correspondentes Caixa Aqui, além de transferir valores para contas da Caixa ou de outros bancos.

Os ciclos de crédito em conta e saques em espécie seguem até dezembro para o pagamento das cinco parcelas definidas pelo Governo Federal para o público do Cadastro Único e para quem se cadastrou pelo App Caixa - Auxílio Emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasíla, Dilson Santa Fé