Pandemia em 2020: Governo Federal destina aos 26 estados e o Distrito Federal R$ 198,1 bilhões

A medida vem fortalecendo a estrutura do Sistema Único de Saúde (SUS) com entregas de equipamentos, insumos e recursos para o combate à pandemia; Mais de 162 mil vagas estão sendo ofertadas para a primeira seleção de 2021 do Programa Universidade para Todos -Prouni . Destas, 76 mil 855 são bolsas integrais e 85 mil 169 bolsas parciais; O contribuinte que teve a declaração do imposto de Renda Pessoa Física retida em malha e não concordar com os valores lançados, poderá apresentar a defesa por meio do e-CAC sem a necessidade de comparecer a uma Unidade de Atendimento da Receita Federal.

audio/mpeg 08-01-21 - É NOTÍCIA EM DOIS MINUTOS - 2m13s - DILSON SANTA FE - FINALIZADO.mp3 — 3140 KB

Duração: 2:13s




Transcrição

 

Cerca de 198 bilhões de reais foram destinados em 2020 a 26 estados e o Distrito Federal desde o início da pandemia pelo Governo Federal.


A medida vem fortalecendo a estrutura do Sistema Único de Saúde (SUS) com entregas de equipamentos, insumos e recursos para o combate à pandemia.


Desse total, em torno de 134 bilhões de reais, foram para serviços de rotina do SUS, e os outros acima de 64 bilhões de reais para o enfrentamento da Covid-19.


Até hoje, foram habilitados 19 mil 517 leitos de UTI para o tratamento exclusivo de paciente com Covid-19. Além disso, foram prorrogados a habilitação de 19 mil 334 leitos de UTI.

O valor total investido pelo Governo Federal é de quase 4 bilhões de reais, para que estados e municípios façam o custeio dessas unidades .

Xxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

Mais de 162 mil vagas estão sendo ofertadas para a primeira seleção de 2021 do Programa Universidade para Todos -Prouni . Destas, 76 mil 855 são bolsas integrais e 85 mil 169 bolsas parciais.

O Ministério da Educação publicou todas as informações sobre as vagas disponíveis para que os interessados em disputar uma bolsa possam consultar, com antecedência, as opções ofertadas para todo o país. O período de inscrições é de 12 a 15 de janeiro.

xxxxxxxxxxxxxx

 

O contribuinte que teve a declaração do imposto de Renda Pessoa Física retida em malha e não concordar com os valores lançados, poderá apresentar a defesa por meio do e-CAC sem a necessidade de comparecer a uma Unidade de Atendimento da Receita Federal.

 

O primeiro passo é acessar o sistema e-Defesa para preencher o formulário de impugnação.

 

Outras informações no endereço cav. receita.fazenda.gov.br

 

 

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé