MJ prorroga intervenção penitenciária em Roraima

E mais: MPT pede à Justiça liberação de R$400 mil do Banco da Amazônia para Campanha SOS Amazonas; Divulgada relação dos candidatos aprovados na 2ª chamada do Prouni 2021.

audio/mpeg 08-02-21 - É NOTICIA EM 2 MIN - LUCIANO BARROSO - 2m02s.mp3 — 1836 KB

Duração: 2m02s




Transcrição

O Ministério da Justiça prorrogou a intervenção penitenciária em Roraima, novamente. Dessa vez, por 90 dias improrrogáveis.

 

Até o dia 5 de maio, os agentes da força-tarefa federal ajudam as forças de segurança locais a cuidar da vigilância no sistema carcerário estadual.

 

A intervenção prevê atividades e serviços de guarda, vigilância e custódia de presos, com o apoio logístico e a supervisão dos órgãos de administração penitenciária e segurança pública estaduais.

 

O grupo também exerce atividades de inteligência relacionadas ao sistema prisional.

-------------------------------------------------

O Ministério Público do Trabalho requereu à Justiça que parte dos recursos já liberados, em acordo milionário firmado com o Banco da Amazônia, sejam destinados à Campanha SOS Amazonas.

 

O valor de R$400 mil, deferido pela Justiça do Trabalho em Belém, será empregado na compra de cilindros de oxigênio, medicamentos, Equipamentos de Proteção Individual e produtos de higiene pessoal.

 

O objetivo é garantir o atendimento da população atingida pelo novo coronavírus no Amazonas e a segurança dos profissionais de saúde da rede pública do estado.

-------------------------------------------------

Divulgada nesta segunda-feira a relação dos candidatos aprovados na segunda chamada do Prouni, o Programa Universidade para Todos, de 2021.

 

Os selecionados têm até o dia 24 de fevereiro para comparecer às instituições de ensino onde foram aprovados para confirmar as informações declaradas na inscrição e fazer a matrícula.

 

Para este ano foram oferecidas mais de 162 mil bolsas. A lista dos selecionados pode ser verificada no site prouniportal.mec.gov.br

 

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília, Luciano Barroso.