Trabalhadores com carteira assinada poderão receber o PIS sem precisar de ir a uma agência da Caixa

A partir desta terça-feira(8), o banco depositará o benefício do Programa de Integração Social (PIS) na conta poupança social digital; Mais de 59 milhões de reais estão sendo investidos para fortalecer o Programa Nacional de Vacinação (PNI) do Sistema Único de Saúde (SUS) no enfrentamento da Covid-19, pelo Ministério da Saúde; Repasse no valor de 4 milhões e 300 mil reais foi liberado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), para atender as cidades afetadas por inundações, vendavais e chuvas intensas.

audio/mpeg 08-12-20 - É NOTÍCIA EM DOIS MINUTOS - 02m18s - DILSON SANTA FE - FINALIZADO.mp3 — 3263 KB

Duração: 2:19s




Transcrição

Os trabalhadores com carteira assinada sem conta na Caixa Econômica Federal poderão receber o abono salarial 2020/2021 sem a necessidade de ir a uma agência.

 

A partir desta terça-feira(8), o banco depositará o benefício do Programa de Integração Social (PIS) na conta poupança social digital.

 

As contas foram abertas de forma gratuita pela Caixa, sem a necessidade de apresentação de documentos.

 

O pagamento pela poupança digital foi autorizado por lei, sancionada no fim de outubro, que autoriza permanentemente o pagamento de diversos benefícios sociais e trabalhistas por meio eletrônico.


Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

Mais de 59 milhões de reais estão sendo investidos para fortalecer o Programa Nacional de Vacinação (PNI) do Sistema Único de Saúde (SUS) no enfrentamento da Covid-19, pelo Ministério da Saúde.

 

Os recursos reforçam a qualidade da estrutura da Rede de Frio – que compõe o processo de armazenamento, conservação, manipulação, distribuição e transporte dos imunobiológicos do PNI – e a Vigilância Sentinela de Síndrome Gripal, proporcionando condições para o aprimoramento da detecção, análise e avaliação de síndromes respiratórias aguda, incluindo a Covid-19.

 

Os recursos foram instituídos em caráter excepcional e temporário, por meio de Portaria , publicada, nessa segunda-feira 7, no Diário Oficial da União.


xxxxxxxxxxxx


Repasse no valor de 4 milhões e 300 mil reais foi liberado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), para atender as cidades afetadas por inundações, vendavais e chuvas intensas.

 


As portarias foram publicadas nessa segunda-feira 7, no Diário Oficial da União . Os recursos beneficiarão municípios do Rio Grande do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Minas Gerais e Maranhão.

 


O maior volume de repasses será destinado a Mata Roma (MA), que foi atingida por inundações e utilizará mais de 2 milhões para a construção de 57 moradias.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé