Receita Federal libera consulta a lote residual de restituições do IRPF

Os mais de 87 mil contribuintes terão o crédito em suas contas bancárias a partir de 15 de abril; SUS recebeu em 2019 repasse da ANS de R$1 bilhão; Quatro mil caixas d´água serão doadas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional através do Dnocs para famílias afetadas pela falta d'água em Salvador (BA).

audio/mpeg 08-04-20 - É NOTÍCIA 2 MIN - DILSON - MANHA - 2M19S - FINALIZADO.mp3 — 2177 KB

Duração: 2:19S




Transcrição

 

A Receita Federal liberou nessa terça-feira, 7, consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física, abrangendo as restituições residuais referentes aos exercícios de 2008 a 2019.

 

Os mais de 87 mil contribuintes terão o crédito em suas contas bancárias a partir de 15 de abril,

 

Do total de 163 milhões de reais, mais de 75 milhões referem-se aos contribuintes com preferência no recebimento: 1.854 idosos acima de 80 anos, 11.966 com idade entre 60 e 79 anos, 1.628 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou doença grave e 6.427 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

 

…............................................

 

O Sistema Único de Saúde (SUS) recebeu em 2019 da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), por meio do Fundo Nacional de Saúde, um repasse de mais de 1 bilhão de reais, com uma alta de 47% se comparada ao ano anterior.

De acordo com o diretor de Desenvolvimento Setorial da ANS, Rodrigo Aguiar,  os repasses vêm crescendo ao longo dos últimos cinco anos e, especialmente, nos três últimos anos, quando somaram 2 bilhões e meio de reais. 

 

Segundo Aguiar, desde que a ANS foi criada, em 2000, foram repassados ao SUS 4 bilhões de reais.

 

Esses recursos são oriundos da cobrança feita pela ANS às operadoras de planos de saúde por procedimentos feitos pelo SUS em beneficiários dos planos.

 

….......................................

 

Quatro mil caixas d´água serão doadas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) no estado da Bahia, para famílias que vivem com problema de desabastecimento em regiões muito populosas de Salvador.

 

O Dnocs e a prefeitura assinaram na última segunda-feira, 6, um termo de cooperação.

 

A medida vai garantir que as famílias afetadas pela falta d´água possam ter um reservatório para necessidades de consumo e higiene, principalmente neste momento, em que o hábito de lavar as mãos torna-se imprescindível , evitando assim a contaminação do coronavírus.



Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé