Desbloqueados R$ 3,1 bilhões do orçamento de ministérios e autarquias

E mais: Operação investiga crimes de abuso sexual de crianças e adolescentes em 18 estados e no exterior; Custo da construção civil teve alta de 1,78% em maio

audio/mpeg 09-06-2021 É NOTÍCIA EM 2 MINUTOS ANA PIMENTA.mp3 — 1954 KB

Duração: 1m59s




Transcrição

Foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (9) uma portaria do  Ministério da Economia que determina a liberação de R$ 3,1 bilhões para ministérios e autarquias federais.

Segundo o ministério, o desbloqueio do orçamento foi possível devido ao corte de gastos com despesas do governo federal.

O ministério que vai receber mais recursos é o da Educação. O bloqueio inicial foi de R$ 2,7 bilhões. Foram liberados R$ 900 milhões.

O bloqueio no orçamento vem sendo realizado para cobrir as despesas obrigatórias emergenciais durante a pandemia. 

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> 

Uma operação do Ministério da Justiça e Segurança Pública investiga crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes em 18 estados e no exterior. Até a manhã desta quarta-feira (9), mais de 40 investigados haviam sido presos.

Dez suspeitos foram presos na Argentina, e quatro no Paraguai.

O Ministério da Justiça está trabalhando em conjunto com órgãos de segurança do Equador, Estados Unidos e Panamá. Nesses países, também estão sendo cumpridos mandados judiciais.

De 2017 a 2020, as operações contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes no país já prenderam 700 investigados.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> 

O Índice Nacional da Construção Civil, registrou inflação de 1,78% em maio, abaixo da taxa de 1,87% de abril. Na comparação com o mesmo período do ano passado, houve alta de 0,17%.

Com a inflação de maio, o custo por metro quadrado da construção passou a ser de R$ 1.387,73. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).