Curso de Educação de Surdos está com inscrições abertas

E mais: Remédio Sotrovimabe, como mais um medicamento para combater a Covid-19, é autorizado pela Anvisa; INSS publica no Diário Oficial da União orientações para remarcação de perícias médicas.

audio/mpeg 09-09-20 - É NOTICIA EM 2 MIM - DILSON - 1m45s - FINALIZADO.mp3 — 3302 KB

Duração: 1:45s




Transcrição

O governo federal, por meio do Ministério da Educação, em parceria com a Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia, promoverá a segunda edição do curso de aperfeiçoamento Educação de Surdos em Tempos de Pandemia. As inscrições que foram abertas nessa quarta-feira (8) seguem até o dia 25 de setembro.

O curso foi elaborado com o objetivo de promover a formação continuada de professores que atuam ou que queiram atuar futuramente na educação de alunos com deficiência auditiva, com princípios e práticas pedagógicas mais apropriadas aos estudantes surdos da educação básica, nas demandas de oferta do ensino escolar remoto em todo o Brasil.

Xxxxxxxxxxxxxxxxxx

A Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, autorizou o uso emergencial de mais um medicamento contra a Covid-19, o Sotrovimabe.

O remédio é injetável e de uso restrito a hospitais, indicado para casos leves e moderados da doença. Esse é o quinto medicamento autorizado no Brasil para tratamento da Covid-19, sendo o quarto em uso emergencial.

Xxxxxxxxxxxxxxxxxx

O Diário Oficial da União publicou, nesta quinta-feira (9), portaria do INSS, Instituto Nacional do Seguro Social, que orienta os usuários e os servidores do órgão sobre os procedimentos necessários para remarcação da perícia médica.

Quando o requerente não puder comparecer na data agendada para realização da perícia médica, ele deverá remarcar o atendimento pelo Meu INSS ou pela Central 135.



Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé