Bancos vão estender prazo para pagamento do Pronampe

E mais: Governo federal vai elaborar uma política para ampliar a produção nacional de fertilizantes agrícolas e, com isso, reduzir a dependência da importação do produto; Ministério da Saúde informou o início da distribuição de mais 2,6 milhões de doses da vacina Coronavac contra a covid-19.

audio/mpeg 10-03-21 - É NOTÍCIA EM 2 MINUTOS - 1m54s - - DILSON SANTA FÉ - FINALIZADO.mp3 — 2679 KB

Duração: 1:54s




Transcrição

Agora os bancos poderão estender o prazo de carência de pagamento do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) de oito para 11 meses.

A mudança no texto do regulamento foi aprovada pela Assembleia de Cotistas do Fundo de Garantia de Operações por sugestão da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, do Ministério da Economia.

As empresas que desejarem prorrogar a carência da linha do Pronampe devem procurar as instituições financeiras com as quais firmaram os contratos de crédito.

O Pronampe é o maior programa de crédito para micro e pequenas empresas da história.

-------------------------------------

O governo federal vai elaborar uma política para ampliar a produção nacional de fertilizantes agrícolas e, com isso, reduzir a dependência da importação do produto.

Atualmente, o país importa mais de 80% dos fertilizantes utilizados no agronegócio.

De acordo com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, o Brasil vem com a sua produção agropecuária crescente ano a ano, mas numa dependência enorme da importação de fósforo e potássio, principalmente.

------------------------------

O Ministério da Saúde informou o início da distribuição de mais 2,6 milhões de doses da vacina Coronavac contra a Covid-19, produzida em parceria entre o Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac.

Segundo a pasta, a distribuição a estados e ao Distrito Federal ainda depende da real entrega dos quantitativos de doses pelos laboratórios fornecedores dos imunizantes.

Em nota sobre o assunto, o Ministério da Saúde acrescentou que em razão de obstáculos na obtenção dos insumos ainda não há um fluxo regular de produção da vacina.


Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé