Governo reduz juros do crédito imobiliário popular no Norte e Nordeste

Historicamente, as duas regiões têm baixos índices de contratação de financiamento habitacional. Pela decisão tomada nessa terça-feira, 8, a redução de juros será em até 0,5 ponto percentual para famílias com renda até 2 mil reais mensais; Cerca de 117 municípios brasileiros vão passar a contar com o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que compra produtos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação; INSS volta com atendimento presencial nas agências a partir de 14 de setembro com agendamento no endereço INSS.gov.br ou telefone 135.

audio/mpeg 10-09-20 - É NOTÍCIA 2 MINUTOS - MANHA - 2m23s - ADALTO - FINALIZADO.mp3 — 1804 KB

Duração: 2:23s




Transcrição

A redução de juros no crédito imobiliário popular no Norte e Nordeste foi aprovada por unanimidade, pelo Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

 

Historicamente, as duas regiões têm baixos índices de contratação de financiamento habitacional. Pela decisão tomada nessa terça-feira, 8, a redução de juros será em até 0,5 ponto percentual para famílias com renda até 2 mil reais mensais.

 

A medida estava proposta no programa Casa Verde e Amarela, anunciado pelo Governo Federal no dia 25 de agosto. Os juros poderão chegar a 4,25% ao ano para cotistas do FGTS e, nas demais, a 4,5%, ofertando a menor taxa de juros na história num programa habitacional.


Xxxxxxxxxxxxxxxxxx


Cerca de 117 municípios brasileiros vão passar a contar com o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que compra produtos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação. Depois, os alimentos são destinados a pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional.


Agora, serão mais 3 mil 953 agricultores familiares beneficiados, de 15 estados brasileiros. A decisão consta de três portarias publicadas, neste mês, no Diário Oficial da União. Para atender à nova demanda, o Governo Federal vai destinar recursos da ordem de mais de 25 milhões de reais.


Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


Com a proximidade do retorno gradual do atendimento presencial nas agências do INSS, Instituto Nacional do Seguro Social, previsto para a próxima segunda-feira, 14 de setembro, os segurados devem estar atentos à condição de que, para serem atendidos, será necessário realizar agendamento.


A marcação pode ser feita pelo aplicativo Meu INSS, no endereço INSS.gov.br ou telefone 135.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília,