Obras do Arco Norte são fundamentais para escoamento de cargas

E mais: PF dá início a Operação Ossobuco contra supostas fraudes em licitações de hospitais federais do Rio de Janeiro; Governo federal indicou mais dois nomes para o Conselho de Administração da Petrobras.

audio/mpeg 11-03-21 - É NOTÍCIA EM 2 MIN - TARDE - LUCIANO - 2m07s.mp3 — 1759 KB

Duração: 2m07s




Transcrição

As obras no Arco Norte serão fundamentais para o escoamento de carga no Brasil. A afirmação é do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, em conversa com investidores, para apresentar os projetos de concessão do governo federal.

 

Tarcísio de Freitas explicou aos investidores que o ano de 2020 foi importante para estruturar e modelar os projetos e que 2021 será o ano de implementá-los.

 

Estão na lista 22 aeroportos, a Ferrovia de Integração Oeste-Leste, na Bahia, e cinco terminais portuários e a Ferrogrão, com 933 km de extensão, que conecta a região produtora de grãos do Centro-Oeste ao estado do Pará, desembocando no Porto de Miritituba.

--------------------------------------------------------

A Polícia Federal deu início, nesta quinta-feira, a Operação Ossobuco, contra supostas fraudes em licitações de hospitais federais do Rio de Janeiro.

 

Cerca de 30 agentes cumprem mandados de busca e apreensão, na Zona Oeste da capital fluminense. De acordo com a PF, há indícios de superfaturamento em contratos firmados para fornecimento de materiais de neurocirurgia e ortopedia para o Hospital Federal dos Servidores e o Instituto Nacional do Câncer.

 

A operação investiga a prática dos crimes de organização criminosa, peculato, fraudes em licitação e lavagem de dinheiro. As empresas teriam movimentado mais de R$100 milhões.

----------------------------------------------

O governo federal indicou mais dois nomes para o Conselho de Administração da Petrobras. A engenheira elétrica Cynthia Santana Silveira e a advogada Ana Silva Corso Matte se juntam a outros seis nomes que já tinham sido indicados pela União.

 

Os oito nomes propostos pela União serão apresentados na próxima Assembleia Geral dos Acionistas da empresa, que vai escolher a nova composição do Conselho, que tem 11 assentos.

 

Completam o grupo um representante dos empregados, outro escolhido por detentores de ações preferenciais e, por fim, um indicado por acionistas minoritários.

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília, Luciano Barroso.