Ministério da Justiça lança Diretriz Nacional de Polícia Comunitária

A diretriz é um resultado da vivência adquirida por meio de Acordo de Cooperação Técnica celebrado entre Brasil e Japão, em 2014; Londrina, no Paraná, será a primeira cidade brasileira a receber um polo tecnológico de inovação agropecuária; Ministra Tereza Cristina está negociando linha de financiamento para embarcações de pesca.

audio/mpeg 12-04-19 - E NOTICIA 2 MIN - SUZETTE CALDERON - MANHA.mp3 — 3752 KB

Duração: 2:00s




Transcrição

Com o objetivo de aproximar a Polícia e Comunidade para a construção de uma sociedade mais segura, o Ministério da Justiça e Segurança Pública lança, nesta sexta-feira dia 12 de abril, a Diretriz Nacional de Polícia Comunitária, consolidando a experiência brasileira na área, instituindo as bases e os fundamentos do Sistema Nacional de Polícia Comunitária.

 

A diretriz é um resultado da vivência adquirida por meio de Acordo de Cooperação Técnica celebrado entre Brasil e Japão, em 2014. O acordo visa disseminar a filosofia de Polícia Comunitária nas instituições de Segurança Pública no país, a exemplo de como já ocorre no Japão.

Xxxxxxxxxxxxxxx

 

Londrina, no Paraná, será a primeira cidade brasileira a receber um polo tecnológico de inovação agropecuária.

 

A iniciativa é uma parceria entre os Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, da Educação e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações .

 

A meta é instalar outros 12 polos tecnológicos em outras partes do país.

O objetivo é que os polos contribuam para aprimorar o ambiente de inovação tecnológica, criando mais condições para que empresas, startups e universidades façam interação com o campo e proporcionem resultados mais rápidos e precisos para a agropecuária.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

A ministra Tereza Cristina informou na última terça-feira dia 09 de abril, em audiência pública na Câmara dos Deputados, que está negociando a inclusão de uma linha de financiamentos especial para embarcações de pesca dentro do Plano Safra 2019/2020, que está em discussão com a área econômica do governo e será anunciado ainda neste semestre.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Suzette Calderon