Abertas inscrições para o Enem 2020 até 22 de maio

O procedimento deve ser feito na Página do Participante, no site ou no aplicativo do Enem; Agentes da PF e CGU investigam suspeita de desvio de recursos públicos da Educação, no município de União, no Piauí; MDR destina mais R$40 milhões para garantir continuidade das obras do Cinturão das Águas do Ceará.

audio/mpeg 12-05-20 - É NOTÍCIA 2 MIN - LUCIANDO - TARDE - 2m08s.mp3 — 1937 KB




Transcrição

As inscrições para o Enem 2020 estão abertas até 22 de maio e o exame será realizado nas versões impressa e digital e terá novo recurso de acessibilidade.

 

O procedimento deve ser feito na Página do Participante, no site ou no aplicativo do Enem.

 

Há duas novidades em 2020: o Enem Digital, em aplicação-piloto para 101 mil inscritos e a utilização de programas eletrônicos para facilitar a leitura de pessoas com deficiência visual.

 

A versão digital do Enem é ofertada em todos os estados e no Distrito Federal. Mais informações na página do Mec Enem 2020.

---------------------------------------------------------

Agentes da Polícia Federal, em parceria com a Controladoria Geral da União, investigam suspeita de desvio de recursos públicos da Educação, destinados ao município de União, no Piauí.

 

Esse é o foco da Operação Delivery, deflagrada nesta terça-feira, dia12, em que cinco pessoas foram presas e são investigadas pelos crimes de corrupção, peculato e fraudes em licitações.

 

O inquérito foi instaurado a partir da apreensão de R$379 mil, no início do mês, em um veículo alugado pela prefeitura de União, com dois funcionários municipais que não esclareceram a origem dos valores.

 

Análises da CGU apontam que os contratos superfaturados causaram ao Fundeb o prejuízo de, no mínimo, R$500 mil.

---------------------------------------------------------

Ministério do Desenvolvimento Regional destina mais R$40 milhões para garantir continuidade das obras do Cinturão das Águas do Ceará.

 

O empreendimento vai beneficiar cerca de quatro milhões e meio de moradores na Região Metropolitana de Fortaleza. Além da segurança hídrica, o empreendimento fomenta a manutenção de empregos e contribui com a economia local, sobretudo nesse momento de pandemia causada pela Covid-19.

 

O total de repasses federais pactuados para a região é de R$1,7 bilhão e a expectativa de entrega é dezembro de 2022.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Luciano Barroso.