Inscrições do Enem 2021 vão até a próxima quarta-feira (14)

E mais: trabalhadores nascidos em julho podem sacar 3ª parcela do auxílio emergencial; governo destina R$ 6,5 milhões para ações que beneficiam imigrantes venezuelanos.

audio/mpeg 12-07-2021_ É NOTÍCIA EM 2 MINUTOS TARDE.mp3 — 2364 KB

Duração: 2m16s




Transcrição

 

 

 

 

 

As inscrições do Enem 2021 terminam na próxima quarta-feira, dia 14.

Para se inscrever, o estudante precisa ir à Página do Participante no site do Inep, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

Lá, preenche o formulário e responde o questionário social.

A taxa de inscrição para os não isentos custa R$ 85 reais. Ela pode ser paga até o dia 19 de julho, por meio de uma Guia de Recolhimento da União, gerada na hora da inscrição.

O candidato pode pagar em qualquer agência bancária, numa agência dos Correios, nas casas lotéricas ou pelos aplicativos dos bancos.

A confirmação da inscrição acontece alguns dias depois do pagamento da taxa. As provas do Enem 2021 serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Os trabalhadores informais nascidos em junho que são inscritos no CadÚnico, o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, podem sacar, a partir desta segunda, a terceira parcela do auxílio emergencial 2021.

O dinheiro, que foi depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 25 de junho, também pode, a partir de hoje, ser transferido para uma conta-corrente, sem custos.

Em caso de dúvidas, o beneficiário pode ligar na central telefônica 111 da Caixa, de segunda a domingo, das 7h da manhã às 10h da noite ou consultar o site auxilio.caixa.gov.br

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

O Ministério da Cidadania vai destinar R$ 6,5 milhões para municípios que receberão imigrantes e refugiados venezuelanos.

O repasse será feito de forma emergencial para ações sociais e assistenciais, em parcela única, e vai englobar seis meses de atendimento.

A portaria destinando os recursos foi publicada nesta segunda-feira, dia 12, no Diário Oficial da União.

A justificativa para o recurso extra foi o agravamento da situação de vulnerabilidade dos imigrantes e refugiados venezuelanos que saem de seu país devido à crise econômica, com a pandemia de Covid-19.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Ana Pimenta

(Redação: Lana Cristina)