Mega-Sena acumula pela segunda vez consecutiva

O prêmio acumulou pela segunda vez seguida, e a Caixa Econômica Federal deve pagar R$ 9 milhões na quarta-feira dia (14) Os proprietários rurais de todo o país começam a enviar a Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural de 2019; Levantamento feito pelo Senai mostra que as profissões ligadas à tecnologia estarão entre as mais promissoras, pelo menos nos próximos cinco anos.

audio/mpeg 12-08-19 - É NOTICIAS 2 MINUTOS - AMERICA MELLO - MANHA.mp3 — 4117 KB

Duração: 2:11s




Transcrição

 

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.178 da Mega-Sena, realizado no último sábado dia (10) em São Paulo. O prêmio acumulou pela segunda vez seguida, e a Caixa Econômica Federal deve pagar R$ 9 milhões na quarta-feira dia (14).

As dezenas sorteadas foram:02-16-21-42-50-56.

No mesmo concurso, a Quina saiu para 25 apostas, que vão levar para casa 63 mil 31 reais e 11 centavos. Um total de 2.304 ganhadores acertaram a quadra e vão receber 977 reais e 04 centavos.

……………………………..

A partir desta segunda-feira, dia (12), os proprietários rurais de todo o país começam a enviar a Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (DITR) de 2019. O prazo de entrega vai até o dia 30 de setembro.

 

A Receita Federal espera receber 5 milhões e 700 mil declarações este ano, cerca de 38 mil a mais que as mais de 5 milhões enviadas em 2018. A declaração só pode ser preenchida por meio do programa gerador da declaração, que pode ser baixado na página do órgão na internet a partir desta segunda-feira.

……………………………….

Levantamento feito pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) mostra que as profissões ligadas à tecnologia estarão entre as mais promissoras, pelo menos nos próximos cinco anos. No período, ocupações que têm a tecnologia como base não só motivarão a abertura de novos postos de trabalho como exigirão a requalificação de parte da mão de obra hoje disponível.

Realizado para subsidiar a oferta de cursos da instituição, o Mapa do Trabalho Industrial indica que, até 2023, o Brasil terá de qualificar 10 milhões e 500 mil trabalhadores em ocupações industriais para fazer frente às mudanças tecnológicas e à automação dos processos de produção.

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, América Melo