Anvisa amplia por um ano autorização de uso de vacinas contra Covid-19

E mais: MDR reconhece situação de emergência em mais cinco cidades e repassa R$ 1,1 milhão para seis outras, atingidas por fortes chuvas e estiagem; Polícia Rodoviária Federal apreende 650 kg de cocaína em Mato Grosso e no Ceará.

audio/mpeg 13-05-2022 - E NOTICIA EM 2 MINUTOS LANA CRISTINA.mp3 — 4059 KB

Duração: 2'10"




Transcrição

A Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, prorrogou o prazo de validade das autorizações para uso emergencial das vacinas contra Covid-19 que deixariam de ser usadas na Campanha de Vacinação com o fim da Espin, a Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional.

A medida vale também para medicamentos que só deveriam ser usados durante a crise sanitária.

Com a decisão, a validade das vacinas e dos medicamentos com autorização para uso emergencial será de mais um ano.

A revisão foi feita a pedido do Ministério da Saúde, que declarou o fim da Espin no dia 22 de abril em função da melhora do cenário epidemiológico e dos bons índices de cobertura vacinal.

---------

O Ministério do Desenvolvimento Regional reconheceu, nesta sexta-feira (13), situação de emergência em mais cinco cidades brasileiras atingidas por desastres naturais.

Os municípios de Ipixuna e Itamarati, no Amazonas, têm registrado fortes inundações. Queimados, no Rio de Janeiro, registrou chuvas intensas. E, em Santa Catarina, Erval Velho e Ponte Serrada, sofrem com a estiagem.

Também nesta sexta, foi feito o repasse de R$ 1 milhão e 100 mil reais a seis cidades, para compra de cestas básicas, kits de higiene, colchões e combustível para veículos que transportam água potável.

Devido a chuvas e inundações, serão beneficiadas Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro; Nova Ipixuna, no Pará; e Vila Bela da Santíssima Trindade, em Mato Grosso.

Já por causa da estiagem, recursos serão distribuídos para Coronel Domingos Soares e Formosa do Oeste, no Paraná; e Santa Catarina.

---------

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu cerca de 650 quilos de cocaína em duas apreensões, nos municípios de Alto Garças, em Mato Grosso, e Caucaia, no Ceará.

Nos dois casos, a droga estava em compartimentos ocultos de caminhões, um de carga e o outro, do tipo guincho.

Ambos os motoristas foram detidos e encaminhados à Polícia Civil de Mato Grosso e à Polícia Federal no Ceará.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília