Governo entrega mais de 5 mil moradias na Paraíba

E mais: O setor portuário cresceu 9,4%, na movimentação de cargas, no primeiro semestre de 2021 em relação ao mesmo período do ano passado; Será lançada nesta sexta-feira (13), em Mossoró, no Rio Grande do Norte, a pedra fundamental da Casa da Mulher Brasileira.

audio/mpeg 13-08-20 - É NOTICIA EM 2 MIM - DILSON SANTA FÉ - 2m16s - FINALIZADO 000.mp3 — 3209 KB

Duração: 2:16s




Transcrição

Mais de 2 mil obras foram entregues pelo governo federal em todas as regiões do país, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional, nos seis primeiros meses de 2021. O resultado significa uma média de 11,5 obras por dia.

 

Somente na Paraíba, foram entregues 85 obras, além de mais de 5 mil moradias, que realizaram o sonho da casa própria para cerca de 20 mil pessoas.

 

No primeiro semestre de 2021, foram anunciadas ações de segurança hídrica no estado do Nordeste, como a liberação de recursos para implantação de poços e cisternas, além de obras estruturantes.

 

Em junho, foi assinada Ordem de Serviço para o início da construção do Ramal do Apodi, que vai levar as águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco a 13 municípios do estado e chegará ao Rio Grande do Norte.

O investimento federal nas obras físicas é de cerca de 938 milhões de reais.

Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

O setor portuário cresceu 9,4%, na movimentação de cargas, no primeiro semestre de 2021 em relação ao mesmo período do ano passado. A informação é da Antaq, Agência Nacional de Transportes Aquaviários.

 

Segundo a agência, os portos organizados, terminais autorizados e arrendados movimentaram 591,9 milhões de toneladas no período.

 

O painel da Antaq destaca que houve crescimento em relação ao perfil da carga.

 

De acordo com a Antaq, a expectativa para o segundo semestre é que os portos brasileiros movimentem 626 milhões de toneladas.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Será lançada nesta sexta-feira (13), em Mossoró, no Rio Grande do Norte, a pedra fundamental da Casa da Mulher Brasileira. O lançamento vai marcar a série de ações promovidas pelo governo federal, por meio do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, no estado.

 

Segundo a ministra Damares Alves, o investimento de mais de 1 milhão de reais proveniente do Congresso Nacional vai salvar a vida de muitas mulheres.

 

De janeiro ao início de agosto, mais de 40 mil denúncias de violência doméstica e familiar foram registradas pela Central de Atendimento à Mulher. Desses registros, 730 são do estado do Rio Grande do Norte.


Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé