FNDE e área de educação e saúde produzem documento para alimentação escolar

O texto abrangerá aspectos como a Segurança Alimentar e Nutricional e também a Segurança dos Alimentos, bem como os cuidados sanitários necessários visando minimizar o risco de transmissão do Coronavírus para a comunidade escolar; O presidente da República, Jair Bolsonaro, participou nesta quinta-feira da inauguração do Projeto Belém Porto Futuro, em Belém, no Pará; Cerca de 47 mil participantes que vão fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, vão ter atendimento especializado .

audio/mpeg 13-08-2020_É NOTÍCIA EM 2 MINUTOS.mp3 — 2214 KB

Duração: 2:21s




Transcrição

O fornecimento da alimentação escolar na retomada das aulas presenciais nas escolas públicas está sendo debatido por integrantes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), juntamente com profissionais da área da educação e da saúde. Eles estão produzindo um documento técnico com orientações e diretrizes para auxiliar nutricionistas e gestores.

 

O Grupo de Trabalho foi estabelecido pela Coordenação-Geral do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) para apoiar as ações dos estados e municípios. O documento, que será divulgado no mês de setembro no site do FNDE, está sendo construído durante os encontros on-line do grupo

.

O texto abrangerá aspectos como a Segurança Alimentar e Nutricional e também a Segurança dos Alimentos, bem como os cuidados sanitários necessários visando minimizar o risco de transmissão do Coronavírus para a comunidade escolar.


Xxxxxxxxxxxxxxxxxxx


O presidente da República, Jair Bolsonaro, participou nesta quinta-feira (13) da inauguração do Projeto Belém Porto Futuro, em Belém, no Pará.

 

A revitalização da região portuária na capital paraense contou com investimentos federais de mais de R$ 34 milhões de reais .


O projeto será um polo de desenvolvimento, que impulsionará o turismo e o comércio local, além de ampliar as opções de entretenimento, cultura e lazer para a população.


A expectativa é que cerca de 8 mil pessoas circulem diariamente pelo local.
Xxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

Cerca de 47 mil participantes que vão fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, vão ter atendimento especializado .

 

O exame será realizado nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 com a versão impressa, e nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 com a versão digital. Todas as necessidades adicionais para fazer as provas agora são consideradas como atendimento especializado, que inclui gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar ou com outras condições específicas.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé