Beneficiários nascidos em setembro podem sacar auxílio emergencial

E mais: O número de cidades do Rio Grande do Norte que entraram em situação de emergência aumentou pela falta de chuvas que atinge regiões do interior do estado. Agora, são 89 municípios do estado na mesma situação; A Subsecretaria de Inspeção do Trabalho lança nesta quarta-feira (15) um novo painel no Radar SIT, com dados e estatísticas referentes a acidentes de trabalho e doenças ocupacionais ocorridos no país.

audio/mpeg 15-09-20 - E NOTICIA 2 MIN - DILSON SANTA FE - 2m01s - FINALIZADO.mp3 — 2840 KB

Duração: 2:01s




Transcrição

Beneficiários inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal nascidos em setembro podem sacar, a partir desta quarta-feira (15), a quinta parcela do auxílio emergencial 2021.

O calendário de pagamento do auxílio é organizado em ciclos de crédito em conta e de saque em espécie, de acordo com o mês de nascimento. O dinheiro foi depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 28 de agosto.

Em caso de dúvidas, basta o usuário ligar na central telefônica 111 da Caixa, de segunda a domingo, das 7 horas da manhã às 10 horas da noite, ou consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

Xxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Mais duas cidades do Rio Grande do Norte entraram em situação de emergência pela falta de chuvas que atinge regiões do interior do estado. Agora, são 89 municípios do estado na mesma situação.

Com a medida, Alexandria e Ruy Barbosa passaram a integrar a lista de cidades potiguares que obtiveram o reconhecimento federal devido à estiagem ou à seca, que é uma ausência de chuvas ainda mais prolongada.

Com o reconhecimento federal, os municípios atingidos por desastres podem solicitar recursos do MDR para atendimento à população afetada, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados pelo desastre.

Xxxxxxxxxxxxxxxxxxx

A Subsecretaria de Inspeção do Trabalho lança nesta quarta-feira (15) um novo painel no Radar SIT, com dados e estatísticas referentes a acidentes de trabalho e doenças ocupacionais ocorridos no país.

O Radar SIT será uma ferramenta para prevenção, ao permitir que todos, incluindo representantes de trabalhadores e empregadores, estudem os fatores que provocam os acidentes de trabalho.

 


Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson  Santa Fé