SFB ouve população local para licitar Floresta do Jamari

E mais: resultado dos recursos relativos ao atendimento especializado e tratamento pelo nome social no Encceja 2020 já está disponível, na Página do Participante; Operação Verde Brasil, que disponibiliza militares no combate ao desmatamento, será ser substituída pelo Plano Amazônia.

audio/mpeg 16-02-21 - É NOTÍCIA EM 2 MIM - MÁRCIA DIAS - TARDE - 2m14s.mp3 — 2493 KB

Duração: 2m14s




Transcrição

O Serviço Florestal Brasileiro vai fazer uma audiência pública no próximo dia 24, às 8h30, na cidade de Itapuã do Oeste, em Rondônia, onde será apresentada a proposta do edital de licitação para a concessão da Floresta Nacional do Jamari, lote 3.

 

O objetivo da audiência é ouvir a opinião da população local. É que o processo de escuta da população está previsto em lei e a licitação só pode ser concluída se essa etapa for realizada.

 

A Floresta Nacional do Jamari está localizada no estado de Rondônia, entre os municípios de Cujubim, Itapuã do Oeste e Candeias do Jamari. A Unidade de Manejo Florestal que será licitada, possui uma área de 38,4 mil hectares.

---------------------------------------------------

O resultado dos recurso relativos ao atendimento especializado e tratamento pelo nome social no Encceja 2020 já está disponível, na Página do Participante.

 

As provas do Encceja 2020 serão realizadas no dia 25 de abril, em todos os estados e no Distrito Federal.

 

O Inep oferece atendimento especializado para pessoas com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual ou mental, surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo e/ou discalculia.

 

Ainda contam com atendimento especial gestantes, lactantes, idosos, estudantes em classe hospitalar e/ou pessoas com outra condição específica.

--------------------------------------------------

A Operação Verde Brasil que disponibiliza, desde maio de 2020, militares no combate ao desmatamento, será ser substituída pelo Plano Amazônia.

 

O Conselho da Amazônia Legal foi recriado para implementar diversas ações conjuntas para preservar e promover o desenvolvimento sustentável do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

 

De acordo com o Ministério da Defesa desde que a Operação Verde Brasil começou foram aplicados mais de R$3 bilhões em multas e termos de infração.

 

Foram apreendidos ao menos 329 mil metros cúbicos de madeira, mais de 1,6 mil embarcações, 500 veículos, além de 474 kg de drogas e 123 mil armas e munições.

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília, Márcia Dias.