Programa Mais Luz para a Amazônia vai beneficiar 350 mil pessoas

O custo total, orçado em mais de 3 bilhões de reais, será proveniente de acordo assinado pelo ministério com o BNDES, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social; Cerca de 14 mil vagas de empregos estão abertas para pessoas que são atendidas pelo Bolsa Família e estão inscritas no Cadastro Único; Cerca de 3 milhões e 800 mil reais serão repassados para ações de combate a incêndios florestais no Mato Grosso do Sul, pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, especialmente na região do Pantanal.

audio/mpeg 16-09-20 - É NOTÍCIA 2 MINUTOS - 1m42s - ADALTO - FINALIZADO.mp3 — 1241 KB

Duração: 1:43s




Transcrição

Oitenta e duas mil famílias que vivem em áreas remotas da região Amazônica terão energia renovável, especialmente de fonte solar, por meio do Programa Mais Luz para a Amazônia. A estimativa do Ministério de Minas e Energia é que o programa beneficie mais de 350 mil pessoas.

 

O custo total, orçado em mais de 3 bilhões de reais, será proveniente de acordo assinado pelo ministério com o BNDES, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.



xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Cerca de 14 mil vagas de empregos estão abertas para pessoas que são atendidas pelo Bolsa Família e estão inscritas no Cadastro Único.

 

São postos de emprego para comércio, indústria, construção civil e transporte, entre outras áreas que estão sendo oferecidos pelo programa Progredir, do Ministério da Cidadania.

 

A maior parte das oportunidades não exige experiência e nível alto de escolaridade.

 

Os interessados devem fazer o registro pelo site mds.gov.br

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Cerca de 3 milhões e 800 mil reais serão repassados para ações de combate a incêndios florestais no Mato Grosso do Sul, pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, especialmente na região do Pantanal.

 

O repasse se soma a outros 562 mil já transferidos pela União para auxiliar no enfrentamento às chamas.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Adalto Gouveia