MEC publica portaria autorizando curso a distância para faculdades e universidadades

O MEC autorizou também na quinta-feira (19), que sejam dadas a distância as disciplinas teórico-cognitivas do primeiro ao quarto ano dos cursos de medicina; Subiu nesse domingo, para 25 os casos de morte pelo coronavírus no país; Bolsonaro assina MP para garantir serviços essenciais.

audio/mpeg 23-03-2020_É NOTÍCIA EM 2 MINUTOS DILSON MANHA ok.mp3 — 2290 KB

Duração: 2:19s




Transcrição

 

 

O Ministério da Educação (MEC) publicou na última semana, portaria autorizando a modalidade em cursos presenciais, ressaltando que a qualidade das aulas deve ser mantida.

 

Para evitar a propagação do novo coronavírus as instituições de ensino superior estão recorrendo à educação a distância com o objetivo de manter o ritmo de estudos em locais onde as faculdades e universidades não estão funcionando.

 

De acordo com portaria publicada pelo MEC na última quarta-feira (18) as aulas devem ser transmitidas de maneira remota.

 

Para isso, o MEC deve ser comunicado, e as instituições que optarem pela oferta a distância devem se preparar.

 

As regras não valem para práticas profissionais de estágios e de laboratório, que só podem ser realizadas presencialmente.

 

O MEC autorizou também na quinta-feira (19), que sejam dadas a distância as disciplinas teórico-cognitivas do primeiro ao quarto ano dos cursos de medicina.

 

….....................................

 

O Ministério da Saúde divulgou nesse domingo (22) dados que mostram o número de mortes em decorrência da covid-19. A doença causada pelo novo coronavírus, subiu de 18 para 25 de sábado para domingo e os números foram apresentados pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

 

Segundo a pasta, com a nova atualização, todos os estados brasileiros possuem casos do novo coronavírus.

 

A Região Sudeste concentra o maior número de casos (926), seguida da Região Nordeste (231), da Sul (179), da Centro-Oeste (161) e a Região Norte (49).

 

São Paulo acumula o maior número de casos (631), seguido por Rio de Janeiro (186), Distrito Federal (117), Ceará (112), Minas Gerais (83) e Rio Grande do Sul (73).

 

Em seguida vem Santa Catarina (57), Paraná (50), Bahia (49), Pernambuco (37), Amazonas (26), Espírito Santo (26), Goiás (21), Mato Grosso do Sul (21), Acre (11), Sergipe (10), Rio Grande do Norte (nove), Alagoas (sete), Pará (quatro), Piauí (quatro), Rondônia(três), Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Tocantins e Rondônia (dois cada). Amapá e Paraíba (um).

 

…...................................

 

 

O presidente da República, Jair Bolsonaro assinou Medida Provisória e Decreto a fim de garantir a aquisição de bens, serviços e insumos para o enfrentamento da emergência de saúde pública em decorrência do novo coronavírus.

 

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé