Programa Mais Médicos tem prazo prorrogado pelo Ministério da Saúde

E mais : Brasil fecha janeiro com um saldo de 260.353 empregos formais, segundo balanço do Caged, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério da Economia; Receita Federal está oferecendo diversos canais de atendimento pela internet.

audio/mpeg 17-03-21 - É NOTÍCIA EM 2 MINUTOS - 2M19S - DILSON SANTA FÉ - FINALIZADO.mp3 — 3271 KB

Duração: 2:19s




Transcrição

O Ministério da Saúde prorrogou os prazos de inscrição no edital mais recente do programa Mais Médicos.


Os municípios devem sinalizar até a próxima sexta-feira, dia 19, a necessidade de provimento de mão de obra médica.

 

Também na sexta, começa o período de adesão dos profissionais de saúde, que terão até o dia 26 para demonstrar interesse em participar do programa.


O edital abre 2.904 vagas, com o objetivo de ampliar a assistência nas unidades de saúde de atenção primária em todo o país e fortalecer as ações de enfrentamento da pandemia de Covid-19.


Locais com situação epidemiológica mais crítica, como o Acre, por exemplo, terão prioridade no reforço de profissionais.

 

----------

O Brasil fechou o mês de janeiro com um saldo de 260.353 empregos formais, segundo balanço do Caged, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério da Economia.


O saldo é o melhor da série histórica para o mês de janeiro e é resultado de 1.527.083 admissões e 1.266.730 desligamentos.


O número também é maior do que o registrado em dezembro de 2020, quando a geração de empregos ficou em 142.690 postos de trabalho.


Com isso, o estoque de empregos formais no país chegou a 39.623.321 vínculos, o que representa uma variação de 0,66% em relação ao estoque do mês anterior.


De acordo com o ministério, a modernização trabalhista teve papel importante na geração de empregos de janeiro.

 

----------

Com o objetivo de evitar o deslocamento de seus usuários às unidades, em função da pandemia de Covid-19, a Receita Federal está oferecendo diversos canais de atendimento pela internet.


Para mais informações, o contribuinte pode acessar a lista de serviços no site do órgão, clicando no ícone de menu seguido da opção “Serviços”.


A lista informa, para cada serviço, sua descrição, a quem se destina, como proceder e os canais de atendimento para cada etapa, desde a solicitação ao resultado.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé