Governo entrega casa própria a 768 famílias de baixa renda na capital paulista

As unidades são do programa de moradia popular, do governo federal, e beneficiarão 3 mil e 72 pessoas; Será enviada ao Congresso Nacional, na próxima terça-feira, dia 21, a primeira parte da proposta de reforma tributária do governo. A informação é do ministro da Economia, Paulo Guedes; Ministério da Saúde amplia vacinação contra o sarampo, da população de 20 a 49 anos, para até 31 de agosto, em todo o país.

audio/mpeg 17-07-20 - É NOTÍCIA 2 MINUTOS - MANHA - 2m04s - DILSON - FINALIZADO.mp3 — 2928 KB

Duração: 2:04s




Transcrição

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e o prefeito Bruno Covas, entregam nesta sexta-feira, dia 17, na capital paulista, a casa própria a 768 famílias de baixa renda.

As unidades são do programa de moradia popular, do governo federal, e beneficiarão 3 mil e 72 pessoas.

A entrega das chaves aos novos moradores será feita no Conjunto Chafariz de Pedra A, B e C, no Parque Boa Esperança. Nesta unidade, as obras tiveram mais de 73 milhões de reais de investimento por parte do governo federal, e contrapartida de mais de 16 milhões de reais do governo estadual e 7 milhões e 600 mil da prefeitura.

Também serão inauguradas, simbolicamente, 280 residências do Conjunto Ponte Baixa B, localizado no Jardim São Luiz. Esse conjunto contou com 21 milhões e 200 mil reais de recursos federais e contrapartida estadual de 2 milhões.

As duas entregas, no Parque Boa Esperança e no Jardim São Luiz, somam MIL e 48 unidades habitacionais.


xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Será enviada ao Congresso Nacional, na próxima terça-feira, dia 21, a primeira parte da proposta de reforma tributária do governo. A informação é do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Em transmissão ao vivo, Guedes informou que pretende ir à casa do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, para entregar uma versão fatiada do texto, sem a previsão, ainda, do imposto sobre pagamentos eletrônicos, que ficaria para uma segunda etapa.

Segundo o ministro da Economia, a primeira parte da proposta do governo sobre a reforma tratará apenas a unificação de impostos federais e estaduais num futuro Imposto sobre Valor Agregado dual.

O IVA dual prevê a unificação de diversos tributos em dois impostos: um federal e outro regional.

Em tese, tributos como o Imposto sobre Produtos Industrializados e o Imposto sobre Operações Financeiras poderiam ser unificados, mas o ministro apenas explicou que, no nível federal, o IVA será uma fusão do PIS e da Cofins.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

O Ministério da Saúde ampliou a vacinação contra o sarampo, da população de 20 a 49 anos, para até 31 de agosto, em todo o país.

Dados preliminares apontam que, desde o início da imunização, em 16 de março, até o dia 15 de julho, foram vacinadas 3 milhões e 700 mil pessoas nessa faixa etária.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa-Fé