Beneficiários do Bolsa Família recebem quinta parcela do auxílio

Os estoques destinados para a venda de milho aos pequenos criadores de animais de todo o país poderão contar com um financiamento de até 200 mil toneladas do cereal; Ministro Marcelo Queiroga reitera compromisso com o combate à corrupção e em favor das boas práticas, em acordo com o marco de Consenso para Colaboração Ética na Saúde.

audio/mpeg 18-08-20 - É NOTICIA EM 2 MIM - DILSON SANTA FÉ - 1m50s - FINALIZADO 000.mp3 — 2592 KB

Duração: 1:50 s




Transcrição

Beneficiários do Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) terminado em 1 recebem nesta quarta-feira (18) a quinta parcela do auxílio emergencial 2021.


Os recursos podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem, por quem recebe pela conta poupança social digital, ou sacados por meio do Cartão Bolsa Família ou do Cartão Cidadão.


O recebimento dos recursos segue o calendário regular do programa social, pago nos últimos dez dias úteis de cada mês. Os pagamentos são feitos a cada dia, conforme o dígito final do NIS.


Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Os estoques destinados para a venda de milho aos pequenos criadores de animais de todo o país poderão contar com um financiamento de até 200 mil toneladas do cereal.


A compra será realizada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e o produto será disponibilizado para os produtores por meio do Programa de Venda em Balcão.


A aquisição do grão foi autorizada pela Medida Provisória (MP), assinada nessa terça-feira (17) pelo presidente Jair Bolsonaro.


Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


Ao participar nessa terça-feira (17) do Fórum Virtual das Américas : Ética na Saúde, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga reiterou o compromisso com o combate à corrupção e em favor das boas práticas, em acordo com o marco de Consenso para Colaboração Ética na Saúde.

 

Durante o evento, realizado no auditório da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), em Brasília (DF), o ministro lembrou os avanços conquistados pelos brasileiros desde a promulgação da Constituição Cidadã de 1988.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé