Começam as inscrições para o Enare

E mais: Será lançada hoje a campanha interministerial "Respeitável Circo!"; Ministério da Saúde faz balanço sobre a luta contra o câncer de mama.

audio/mpeg 20-10-2021_É NOTÍCIA EM 2 MINUTOS.mp3 — 2237 KB

Duração: 2m06s




Transcrição

As inscrições para a edição 2021 do Enare, Exame Nacional de Residência começam nesta quarta-feira (20) e vão até 8 de novembro. 

 

 

As provas estão marcadas para 12 de dezembro deste ano. 

 

Estão sendo oferecidas mais de 3 mil e 200 vagas de residências das áreas médica, multi e uniprofissional em 81 hospitais universitários federais. O Enare é realizado pela Ebserh , Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, estatal vinculada ao Ministério da Educação.

 

Xxxxx

 

A Secretaria Especial da Cultura e a Funarte lançam nesta quarta-feira a campanha interministerial Respeitável Circo!

 

A cerimônia será realizada no Auditório do Bloco A da  Esplanada dos Ministérios, em Brasília, com apresentação de espetáculo circense. 

 

A iniciativa integra ações nas áreas de cultura, educação, saúde, direitos humanos e assistência social, em benefício da população circense itinerante no Brasil. 

 

Durante o evento, a Funarte vai apresentar a cartilha Respeitável Circo!, material que busca orientar agentes públicos e instituições, e também o Selo Município Amigo do Circo.

 

A campanha tem a finalidade de contribuir para o desenvolvimento da atividade artística circense no país e de qualificar a intervenção dos agentes públicos dos municípios, estados e do Distrito Federal, na implementação de ações regionais.

 

Xxxxx

 

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, faz nesta quarta-feira uma apresentação à imprensa do balanço das ações do Ministério da Saúde na luta contra o câncer de mama durante o Outubro Rosa. 

 

O câncer de mama corresponde a cerca de 28% dos novos casos de câncer em mulheres.O controle do câncer de mama é uma das prioridades da agenda de saúde no Brasil.

 

O Sistema Único de Saúde vai impulsionar a organização das redes regionalizadas de atenção à saúde para garantir a detecção precoce do câncer de mama, a investigação diagnóstica e o tratamento, reduzindo o número de casos avançados e a mortalidade pela doença.

 

 

 

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília