Contran revoga resolução que interrompia prazos de serviços de trânsito

Medida entra em vigor no dia 1º de dezembro e estabelece cronogramas para a retomada de serviços, como renovação de CNH e transferência de veículos; Codevasf instala, no Norte de Minas, cinco unidades de extração de mel em contêineres, para impulsionar a apicultura na região; Receita Federal abre na segunda, consulta ao lote residual de restituição do IRPF.

audio/mpeg 20-11-20 - É NOTÍCIA 2 MINUTOS - TARDE - 2m13s - LUCIANO.mp3 — 1961 KB

Duração: 2m13s




Transcrição

Contran revoga resolução que interrompia prazos de serviços de trânsito. A medida entrará em vigor no dia 1º de dezembro e estabelece cronogramas para a retomada de serviços, como renovação de CNH e transferência de veículos.

 

A Resolução referendava deliberações, por conta da pandemia de covid-19, em que os órgãos de trânsito estavam com suas atividades paralisadas.

 

A partir do mês que vem, será restabelecida a contagem dos prazos de maneira acessível, tendo em vista a normalização das atividades dos órgãos de trânsito e o retorno das atividades presenciais ao público.

 

--------------------------------------------------

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba instalou, no Norte de Minas, cinco unidades de extração de mel em contêineres, visando impulsionar a apicultura na região.

 

As estruturas estão localizadas nos municípios de Pedras de Maria da Cruz, Bocaiuva, Guaraciama, Montes Claros e Francisco Sá, todas equipadas com itens para extração do produto.

 

São centrífugas, mesas e tanques decantadores, com capacidade estimada de processamento de 70 toneladas de mel por ano, para cada unidade.

------------------------------------------------------

Receita Federal abre nesta segunda-feira, 23 de novembro, consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física.

 

O crédito bancário para 198 mil e 967 contribuintes será realizado no dia 30 de novembro, totalizando R$399 milhões.

 

Desse total, 143 mil referem-se aos contribuintes que têm prioridade legal, como idosos e os que apresentam deficiência física ou mental ou moléstia grave e outros em que a maior fonte de renda seja o magistério.

 

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita Federal na Internet: idg.receita.fazenda.gov.br.

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília, Luciano Barroso.