Auxílio emergencial de R$ 250 deve ser pago em março

E mais: faixa de 6 gigahertz (GHz) será totalmente usada para a melhoria dos equipamentos de internet de banda larga sem fio (Wi-Fi) no Brasil; ministro da Saúde conhece detalhes do acelerador de partículas Sirius, a maior e mais complexa infraestrutura de pesquisa do Brasil.

audio/mpeg 26-02-2021 É NOTICIA EM 2 MIN DILSON.mp3 — 2390 KB

Duração: 1:50s




Transcrição

Durante live semanal nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nessa quinta-feira (25), que o valor do novo auxílio emergencial a ser proposto pelo governo será de R$ 250.

O benefício, segundo ele, deve começar a ser pago ainda em março, por um período total de quatro meses.

A expectativa, segundo o presidente, é que os quatro meses complementares de auxílio possam fazer a economia pegar de vez.

----------
A faixa de 6 gigahertz (GHz) será totalmente usada para a melhoria dos equipamentos de internet de banda larga sem fio (Wi-Fi) no Brasil. A decisão partiu da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A iniciativa contrariou o pedido das operadoras de telefonia, que queriam usar parte da frequência para expandir a oferta do serviço 5G, que deve ser licitado neste ano.

A tecnologia permite o desenvolvimento de roteadores mais eficientes, que oferecem sinal de Wi-Fi mais rápido e estável para consumidores domésticos e empresariais.

----------

Com o objetivo de conhecer detalhes do acelerador de partículas Sirius, a maior e mais complexa infraestrutura de pesquisa do Brasil, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, estará no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais, em Campinas (SP), na manhã desta sexta-feira 26.


Pazuello também visitará laboratórios onde são desenvolvidas pesquisas nas áreas de biotecnologia e fármacos.
O Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais é uma organização social supervisionada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

 

Da Rede Nacional de Rádio, em Brasília, Dilson Santa Fé