ANTT e concessionária BR-040/DF assinam processo de relicitação

Objetivo é garantir o funcionamento dos serviços essenciais do segmento, como atendimento ao Usuário, até a nova licitação do trecho; Receita Federal identifica aumento na demanda por regularização de CPF e cria a seção Meu CPF; MDR lança licitação para o Sistema Seridó, no Rio Grande do Norte.

audio/mpeg 26-11-20 - É NOTÍCIA 2 MINUTOS - TARDE - 2m14s - LUCIANO.mp3 — 1971 KB

Duração: 2m14s




Transcrição

ANTT e a concessionária BR-040/DF assinam primeiro Termo Aditivo para seguir com processo de relicitação. O objetivo é garantir o funcionamento dos serviços essenciais do segmento, como o Serviço de Atendimento ao Usuário, até a nova licitação do trecho.

 

É o primeiro processo de relicitação de rodovia federal com base em lei que já está em fase de estudos e vai servir como referência para casos semelhantes.

 

Confira toda a documentação dos contratos e aditivos e todo histórico sobre o requerimento de relicitação da rodovia federal acessando www.gov.br/antt

----------------------------------------------------------------

A Receita Federal identificou um aumento significativo na demanda por serviços relacionados à regularização de CPF, nas unidades físicas.

 

Tendo em vista essa demanda, foi criada a seção chamada Meu CPF, onde são reunidos os principais serviços e orientações voltadas à regularização do cadastro, simplificando a interação dos cidadãos com a Receita Federal e esclarecendo de forma visual as principais dúvidas sobre o assunto.

 

A página informa o que o cidadão deve fazer para se regularizar. Saiba mais acessando o site www.gov.br/receitafederal e clique em Meu CPF.

-----------------------------------------------------------

O Ministério do Desenvolvimento Regional lançou licitação de projeto do Sistema Seridó, no Rio Grande do Norte.

 

Por meio da Codevasf, o MDR vai contratar empresa para elaborar o projeto executivo e de estudos complementares para a execução da obra, que vai abastecer cerca de 280 mil pessoas em 24 municípios potiguares.

 

A estimativa de investimento do governo federal é de 280 milhões de reais, para a construção de 330 quilômetros de canais adutores, estações de bombeamento, de tratamento e de pontos de catação de água.

 

O governo do Estado do Rio Grande do Norte cedeu os estudos de viabilidade técnica, econômico-financeira e ambiental e o projeto básico dos sistemas adutores.

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília, Luciano Barroso.